capa f

Fobia Durante Pandemia

O isolamento social, acarretando no distanciamento físico imposto pela pandemia não está sendo fácil. O medo do futuro, da COVID, as preocupações com tudo (se agravam quando temos mais tempo). O grande tempo que está durando a pandemia no Brasil, acabam gerando muitos medos.

A falta de vacina, o comportamento dos governantes e da população, desobedecendo regras e indo as ruas formando aglomerações e não seguindo as regras sanitárias necessárias para o controle do vírus faz com o nosso país seja propício para a disseminação da COVID. Principalmente agora com as mutações, aumentando o contágio e sua letalidade, devido a sobrecarga no sistema de saúde.

As principais fobias sentidas pela população são a fobia social, ou transtorno de ansiedade social e a agorafobia. A agorafobia é acontece quando as pessoas se sentem desconfortáveis em algumas situações, causando ansiedade e temem sofrer um ataque de pânico. O transtorno de ansiedade social, acontece quando as pessoas ficam com receio de ter um contato social, se inibindo de contato social, seja por medo da pandemia ou de encontrar pessoas com COVID, isto acaba gerando também sintomas de ansiedade ao ter que realizar qualquer atividade fora de casa.

Isto acontece porque o isolamento social e o distanciamento físico não são fáceis, nós estamos acostumados a conviver em sociedade, a falta deste contato social, aumenta os sintomas de ansiedade e medo.

O que as pessoas podem perceber um destes casos?

Portanto buscar ajuda e perceber suas dificuldades, observando os sintomas e quanto isso está atrapalhando seu dia a dia. A segunda é buscar ajuda de um profissional competente. A terapia cognitivo-comportamental mostra em estudo de vários casos a sua comprovação científica para estes tratamentos e/ou diminuição dos sintomas.

 

Add a Comment

You must be logged in to post a comment